Noticias

“Não existe saúde pública sem a Medicina Veterinária”, afirma médico-veterinário que trabalha com inspeção de alimentos em Rondônia

Responsive image

O trabalho do médico veterinário na inspeção de alimento é crucial para a sociedade, nesta área os profissionais buscam garantir a segurança de diversos alimentos, para que chegue à mesa da população com qualidade. Formado em medicina veterinária há quase 10 anos, o médico-veterinário de Rondônia Francisco Ronaldo Martins Filho, afirma que "não existe saúde pública sem falar no médico veterinário". A entrevista com o profissional faz parte da campanha “O médico-veterinário também cuida de você” do Sistema CFMV/CRMVs no Mês do Médico-veterinário.

Atualmente, Ronaldo trabalha com a inspeção de alimentos no setor de fracionados em um supermercado de Porto Velho. Ele explica que o interesse em trabalhar na área surgiu após perceber que era “uma vertente pouco seguida pelos colegas de profissão”. O médico-veterinário promove as condições higiênico-sanitárias ideais para garantir a qualidade dos produtos de origem animal.

“Nós somos responsáveis por estudar, analisar e descobrir boa parte das enfermidades que acometem o homem através de zoonoses. Além da cura e tratamento de alguma doença, até mesmo a testagem de vacinas, antes de passar para os seres humanos, são testadas em animais com o acompanhamento de um veterinário no processo, o que torna indispensável a presença deste para a saúde pública”, ressalta o médico-veterinário.

Saúde Única

Pensando no atual momento que estamos vivendo, o Conselho Federal de Medicina lançou, no dia 2 de setembro, a campanha “O médico-veterinário também cuida de você”, a qual os conselhos regionais apoiam, com o objetivo de chamar atenção da sociedade para a atuação do profissional em questões ligadas à saúde pública, mostrando que a Medicina Veterinária vai muito além da causa animal.

Em tempos de crise sanitária, como é o caso da pandemia causada pelo novo coronavírus, se torna visível o porquê o trabalho desses profissionais é cada vez mais indispensável.

Seja na produção de testes, soro hiperimune ou vacinas e até mesmo na criação de novos protocolos de vigilância epidemiológica, o trabalho do médico-veterinário se faz essencial para assegurar o equilíbrio e o bem-estar entre as interfaces da Saúde Única: animal, humana e meio ambiente.

Confira a entrevista na íntegra:

Por que você escolheu a medicina veterinária? Nesta profissão eu encontrei a oportunidade de trabalhar em uma área que sempre gostei e de grande oportunidade de trabalho para a nossa região, com várias vertentes a serem seguidas, como na área de reprodução, manejo de grande animais, clínica, animais silvestres, saúde pública, inspeção de produtos de origem animal, etc.

Por que e quando você se interessou na área onde atua hoje em dia? Me interessei pela inspeção quando vi nesta área uma oportunidade de trabalho onde poucos veterinários atuam. Procurei saber melhor sobre, estudei as legislações atuais de diversas empresas e também fiz cursos e especializações.