Nossa História

O Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de Rondônia foi criado oficialmente no dia 17 de abril de 1986. O primeiro presidente foi médico veterinário Altair de Oliveira Cunha no período de 1986 a 1989.
Com sede em Porto Velho, o CRMV-RO funcionava na Superintendência Federal de Agricultura de Rondônia (SFA/RO - Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento). Já a sede própria foi adquirida na gestão de 1989/1992, na Rua Buenos Aires, bairro Embratel e inaugurada no dia 4 de março de 1996, na gestão do presidente Adeilton Ricardo da Silva.
No ano de 2019, sob a gestão do presidente Julio Cesar Peres foi adquirido um terreno na mesma rua, ao lado do prédio atual, onde será expandida a instituição. A área tem 500 metros quadrados e será destinada para a construção de um espaço que deve melhorar o atendimento e prestação dos serviços e ainda agregar, por exemplo, um auditório para a realização palestras, seminários e eventos voltados para a capacitação e aperfeiçoamentos dos profissionais.
Com fatia significativa do PIB e exportações da região Norte e país, Rondônia tem sua economia movida basicamente por pecuária, agricultura, extrativismo vegetal e mineral e outras atividades.
Frente a grande expansão econômica do estado, o Conselho vem trabalhando para coibir a atividade de maus profissionais e também daqueles que exercem a profissão de forma ilegal. Com a intensificação nas fiscalizações na capital e municípios do estado, foram gerados mais de 230 novos postos de trabalhos em 2018. No ano, o Setor de Fiscalização realizou 812 autos de infração, 586 termos de fiscalização e 264 termos de constatação. Além disso, 233 empresas se registraram após vistorias.
O CRMV-RO também participa de eventos importantes, como a Rondônia Rural Show em Ji-Paraná e Portoagro em Porto Velho, na busca por atender profissionais e pessoas jurídicas, tirando dúvidas e regularizando situação cadastral de médicos veterinários e zootecnistas. Ações que fazem os profissionais exercerem seu papel fundamental para a sociedade.