Noticias

Secretária-geral do CRMV-RO, Clariana Lins conta sua trajetória na medicina veterinária na série “Conheça a gestão 2019-2022”

Responsive image

A secretária-geral do Conselho Regional de Medicina Veterinária de Rondônia (CRMV-RO), Clariana Lins Lacerda é mais uma entrevistada na série “Conheça a gestão 2019-2022”. No bate-papo, a médica veterinária comenta seu início na profissão e suas atuações na área até os dias atuais.

Clariana Lins é natural de Recife (PE), graduada em medicina veterinária pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) e Mestre em Ciências Ambientais pela Universidade Federal de Rondônia (Unir). Atuou como professora preceptora nas disciplinas de Inspeção de produtos de origem animal, Introdução à computação e Patologia geral no Centro Universitário Fimca e por último, foi especialista de Qualidade Júnior no setor de Segurança Alimentar da empresa Carrefour.

Atuou como Diretora do departamento de inspeção de produtos de origem animal da Prefeitura de Porto Velho e médica veterinária cedida ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Atualmente, Clariana é médica veterinária no Serviço de Inspeção Estadual na Agência de Defesa Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron) e faz parte da Diretoria técnica do Centro de Diagnóstico Veterinário (Vetlife).

Confira a entrevista completa com a secretária-geral do CRMV-RO.

- Por que escolheu a carreira profissional?

A princípio, tinha interesse em trabalhar na área de clínica de pequenos. Ao entrar na faculdade, percebi que a profissão compreendia uma enorme variedade de campos de atuação de grande importância na sociedade. Senti que havia escolhido a profissão certa, pois nunca cogitei escolher outra profissão, sempre quis ser médica veterinária.

- Como se sente fazendo parte da diretoria do CRMV-RO?

Me sinto orgulhosa em atuar em prol da minha profissão e em fazer parte desta história. Venho da gestão 2016-2019, onde fizemos grandes avanços em benefício das profissões de médico veterinário e zootecnista.

- O que te motiva a fazer parte do CRMV-RO?

Estar fazendo parte do conselho me motiva bastante por conta da valorização da minha profissão. Queremos mostrar para a sociedade quem somos, e qual é a nossa importância.

- Quais as expectativas para a gestão que iniciou?

As expectativas são as melhores possíveis, pois é uma gestão que dará continuidade e aperfeiçoamento aos trabalhos iniciados na gestão anterior. Vamos buscar mais melhorias e a valorização das profissões.