Noticias

Diretora tesoureira do CRMV-RO, Lays Pinheiro, é mais uma entrevistada da série “Conheça a gestão 2019-2022”

Responsive image

A diretora tesoureira do Conselho Regional de Medicina Veterinária de Rondônia, Lays Pinheiro, é mais uma entrevistada da série “Conheça a gestão 2019-2022”. A zootecnista compartilha no bate-papo sua escolha pela profissão e o histórico profissional.

Lays Pinheiro é natural de Bauru (SP), graduada em zootecnia pela Universidade de Marília (Unimar), com especialização e pós-graduação em defesa sanitária animal. Desde 2010, atua na Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron), junto à coordenação de febre aftosa, à frente do setor de cadastros e registros de revendas e empresas promotoras de eventos. Atua no rastreamento animal como auditora do Sistema Brasileiro de Identificação Individual de Bovinos e Búfalos (Sisbov).

Em fevereiro de 2019, Lays passou a atuar na frente da coordenação de tecnologia e informação da Idaron. “O objetivo é promover a interação da defesa sanitária e tecnologia, para que possamos continuar evoluindo na produção, além de facilitar o dia a dia dos produtores”, conta.

Confira a entrevista com a tesoureira

- Por que escolheu a carreira profissional?

Os animais são encantadores e nos proporcionam desde criança a ter o cuidado com o próximo, fazendo com que uma grande parcela das crianças tenha o sonho de ser profissionais da área. Quando chegou a hora de ir pra faculdade, vi que todo esse amor ainda estava tão vivo como quando era criança, mas, não tinha certeza sobre qual área iria escolher. A zootecnia foi apresentada a mim por um professor e assim, fui me apaixonando pela profissão e a cada dia, estou mais encantada e realizada.

- Como se sente fazendo parte da diretoria do CRMV-RO?

É gratificante fazer parte de uma equipe com tanta vontade de trabalhar, que possui profissionais em várias frentes de atuação, que almejam sempre o melhor ao coletivo dos profissionais veterinários e zootecnistas do estado.

- O que te motiva a fazer parte do CRMV-RO?

Fazer parte do CRMV-RO me traz grande satisfação, pois posso estar mais próxima dos colegas e, também, buscar contribuir para um crescimento da profissão de médicos veterinários e zootecnistas do estado. Fazemos parte de uma gestão jovem e bem diversificada. Acredito que assim, podemos ter uma visão inovadora e trazer muitos benefícios à instituição.

- Quais as expectativas para a gestão que iniciou?

A mais positiva possível, sempre. Temos uma lista enorme de anseios e muita energia para torná-los concretos. Estou muito animada por fazer parte de uma equipe, que já vem de uma gestão que mostra muito trabalho e faz o CRMV-RO crescer cada vez mais.